Implantes Dentários

São estruturas semelhantes a um parafuso colocadas no osso mandibular e/ou maxilar.

Implante dentário é a melhor solução para substituir um dente perdido;

As próteses sobre os implantes atualmente se a semelham 100% aos dentes naturais, tornando o implante imperceptível;

O Implante dental lhe permitirá falar, comer e sorrir com conforto e segurança;
Implantes dentários paralisam a perda óssea ocasionada por uso de pontes fixas e dentaduras.

Implante dental;

5 motivos para realizar um implante dental

Os implantes dentais são uma alternativa segura e saudável para as pessoas que, por algum motivo perderam seus dentes, seja em razão de cáries, traumatismos ou doenças nas gengivas.

 

Confira agora as 5 principais vantagens do implante dental e veja como este procedimento ajuda não apenas na estética, mas na melhoria de sua saúde.

1: Benefícios na mastigação

A mastigação é melhorada quando todos os dentes estão alinhados na boca, que por sua vez, está ligada diretamente ao sistema digestivo. Isto pode evitar problemas como a gastrite e o refluxo, por exemplo.

 

Pessoas que perdem dentes podem desenvolver a mastigação unilateral, o que pode sobrecarregar a musculatura da região. Ao optar pelo implante dental, estes problemas são  sanados.

2: Sorrir com segurança

O implante dental é a forma mais segura de reabilitação oral e estética. Nesses tratamentos, o índice de sucesso chega a até 98%. O tratamento não apenas trata problemas existentes como vai ajudar na prevenção de doenças futuras, além de garantir a autoestima com um sorriso perfeito.

3: Não causa dores

Muitos acreditam que os procedimentos de implante dental são dolorosos. Com a evolução tecnológica na odontologia este tratamento se transformou e hoje em dia são praticamente indolores. A maior parte do procedimento é realizado em tecido ósseo, região pouco enervada no corpo.

 

A recuperação também é tranquila, quando o paciente segue todas as orientações passadas pelo dentista.

 

4: Ajuda na qualidade da fala

Ao perder dentes, o indivíduo pode apresentar problemas de fonética, que pode se agravar com o uso de próteses móveis. Com o implante, o posicionamento dos dentes fica correto, ajudando na pronúncia das palavras.

5: Melhora a estética do sorriso

O paciente pode se sentir inseguro ao sorrir, não apenas devido a perda de dentes, mas também pelo posicionamento incorreto dos mesmos. Ao optar pelo implante dental, toda a arcada é corrigida, garantindo um sorriso alinhado e saudável.

 

Bastará ao paciente manter uma higiene bucal adequada para que a beleza e saúde dos dentes perdure.

 

Se você busca uma clínica de implante dental, conte com a Siga Odontologia. Aqui, você cuida da saúde bucal com profissionais de odontologia altamente capacitados e pode optar pelos tratamentos mais avançados disponíveis no mercado.

 

Agende agora mesmo sua avaliação gratuita.

Implante dental: porque há tanta diferença de preço?

Implante dental: Porque há tanta diferença de preço?

O implante dental é um tratamento muito importante não apenas para a saúde, mas também para recuperar a autoestima do indivíduo. Com a perda dos dentes, não só a sua autoestima é afetada, como também sua capacidade de mastigação, fala e até mesmo movimentos de abertura e fechamento da boca.

Aqueles que necessitam de um implante dental precisam saber que há diversos tipos de Implantes Nacionais e Importados, além dos matérias utilizados nas próteses que também fazem com que a diferença de preço seja um fator de decisão.

O valor pode variar de acordo com a qualificação e experiência do cirurgião dentista especialista em Implantodontia. Marca, modelo, importado ou nacional, complexidade do caso e o tipo do material utilizado para confeccionar as próteses também são fatores que influenciam no preço da reabilitação por implante. Porém, pense nos recursos despendidos como um investimento e assim poder sorrir e comer sem medo, melhorar sua autoestima e mudar seu visual.

 

Marcas e modelos de implantes dentais também interferem no preço?

Sim, para cada necessidade, há um tipo de implante dental. Quem pode dizer qual é o melhor para o seu problema é o dentista com especialidade na área.

Exemplo: Implante dental Importado Straummann

Com sede em Basel, na Suíça, o Straumann Group é considerado uma das maiores fabricantes de implante do mundo. A chave desse sucesso está no tratamento de superfície dos seus implantes que garante uma osseointegração mais acelerada, podendo receber carga em um período aproximado de 21 dias, enquanto que com outros implantes se necessita de um tempo de espera entre 4 a 6 meses.  Outro produto de destaque desta empresa são os implantes curtos e extra-curtos, que podem ser utilizados para se evitar um enxerto ósseo em áreas de atrofia, diminuindo a morbidade do tratamento, o custo e o tempo para finalização da reabilitação.

Implante dental Nacional

Atualmente, as marcas nacionais de implantes competem a nível de igualdade com muitas outras marcas de implantes importados, principalmente para aqueles casos mais simples onde o paciente não tem problemas de perda óssea muito elevada e uma boa condição sistêmica.

Nacional ou importado: Qual material vale mais a pena?

É importante que você converse com o dentista especialista que fará o seu implante para que seja possível entender quais produtos podem ser utilizados, bem como sua diferença de preço e características. Em conjunto, vocês poderão chegar à melhor solução para o seu caso e iniciar o tratamento a favor da sua saúde bucal.

 

Na Siga Odontologia, você conta com profissionais Especializados, trabalhamos com os melhores implantes Importados e Nacionais ( Importado Straumann. Nacional Neodent ), materiais de alta qualidade( Emax, Zirconia e porcelana) além de utilizarmos os melhores laboratórios de Brasília.

 

Um tratamento muitas vezes “barato”, pode se tornar extremamente custoso e traumático. Não desperdice seu tempo e dinheiro, o barato sempre sai caro.

A Siga Odontologia está no mercado há 18 anos e neste período nossa equipe de especialistas já transformaram centenas de sorrisos.

 

Preencha nosso formulário online ou nos envie uma mensagem, se desejar nos ligamos para você.

 

Como é feita a higiene do protocolo dentário

implante-dentário

Quais as vantagens do implante dentário?

Implantes Dentários

Quando um implante dentário é necessário?

Implantes Dentários

Diversos fatores podem fazer com que alguém necessite de implantes dentários. De acordo com um estudo americano realizado pelo National Health and Nutrition Survey, 25% das pessoas com 60 anos ou mais já perderam todos os dentes.

 

As causas são diversas – desde problemas bucais, como doenças na gengiva, cáries e falta de cuidados com a limpeza podem fazer com que uma pessoa venha a perder seus dentes e precisar de um implante.

 

Mas quando é a hora certa de fazer um implante? Neste artigo, você vai saber um pouco mais sobre esse tratamento e descobrir quando é necessário um implante dentário.

 

O que é preciso para fazer um implante dental?

 

De um modo geral, o paciente que perdeu seus dentes já tem os requisitos para fazer o tratamento. No entanto, é preciso que o especialista faça uma avaliação completa, pois há algumas condições em que o implante não é indicado – como diabetes, câncer, tabagismo, alcoolismo e algumas doenças periodontais.

 

Durante a avaliação, são analisados o histórico de saúde e todo o sistema da boca e mandíbula – com estudos da mordida e radiografias específicas, como varreduras 3D ou tomografias computadorizadas.

 

Com isso, será possível entender a situação dos ossos da mandíbula e se eles estão em condições para segurar os enxertos e colocação dos pinos de titânio. O enxerto é feito com uma parte de osso de outra área do corpo do paciente ou material sintético.

Quem pode fazer este procedimento?

O implante dental pode ser feito por pessoas a partir dos 17 anos de idade – fase em que toda a estrutura dentária já está formada por completo, e que sejam avaliados e aprovados por um cirurgião dentista.

 

É importante ressaltar que o procedimento não é apenas para pessoas na terceira idade. Acidentes e outros problemas  de saúde podem fazer com que pessoas mais jovens possam vir a precisar do implante, que auxilia não apenas na autoestima e estética, mas evita problemas estruturais e ósseos a longo prazo.

 

A cirurgia pode ser realizada para a substituição de um único dente, realizada logo após a extração ou depois de um tempo de recuperação da área. Nesses casos, é feito um pilar, a ser ligado ao implante e unindo à coroa.

 

Já a substituição de dentes múltiplos, o procedimento é bem parecido e mais extenso. O anexo dos implantes podem ser feito tanto com uma coroa ou pontes para coincidir com dentes existentes. Com isso, será possível preservar os dentes existentes e dar um resultado ainda melhor.

 

O avanço da tecnologia trouxe mais qualidade aos implantes, que estão cada vez melhores e se assemelham 100% aos dentes naturais – o que torna o tratamento imperceptível.

 

Com o implante dentário, o paciente será capaz de comer, falar e sorrir naturalmente, sem se preocupar. Na Siga Odontologia, você encontra este e outros tratamentos dentários para oferecer mais saúde e beleza ao seu sorriso.

 

Trabalhamos com os melhores implantes nacionais e importados, com uma equipe especializada e preparada para usar as mais atuais técnicas. Agende sua avaliação!

 

Como funciona o processo de um implante dentário

5 motivos para realizar implantes dentários

Implante dentário

Os implantes dentários melhoram consideravelmente a estética e a saúde bucal dos pacientes. No entanto, há ainda muitas dúvidas sobre o tema e quando melhor realizá-los.

A resposta à quando realizar os implantes dentários varia de caso para caso. O ideal é que o implante aconteça logo após a extração de um dente, mas nem sempre isso é possível.

 

Se a dúvida, porém, é se este tratamento deve ou ser feito, listamos abaixo algumas razões porque os implantes dentários podem ser um boa opção para o seu caso.

1 – É um tratamento quase indolor

O medo de tratamentos dentários não é motivo para não optar pelos implantes dentários. Os principais avanços da Implantodontia já são tão modernos que o tratamento é praticamente indolor.

 

Claro que há pequenos incômodos, principalmente relacionados com o período de adaptação, mas nada que seja impeditivo. Todo o procedimento é feito com sedação consciente, o que favorece bastante a recuperação.

2 – Melhora a sua mastigação

A oclusão dental é um problema muito comum e, muitas vezes, desconhecido dos pacientes. Ela pode ser uma das causas para o uso de aparelhos ortodônticos, resultado do desgaste dos dentes de quem sofre de Bruxismo ou consequência da ausência de um dos dentes em sua boca.

Os implantes dentários melhoram a oclusão, deixando a mastigação completa, firme e sem prejudicar a mandíbula.

3 – Os implantes dentários preservam a estrutura natural dos ossos da boca

Quando você perde um dente e não o substitui com implantes dentários, os ossos maxilares desgastam com o tempo e comprometem a estrutura da sua boca. O osso alveolar é reabsorvido naturalmente, contribuindo inclusive, para a deformação dos dentes vizinhos.

Por essa razão, os dentistas indicam o implante de carga imediata, logo quando o dente é retirado, para evitar que o paciente fique sem a estrutura em sua boca. Dessa forma, ele pode seguir com o tratamento sem riscos.

4 – É um tratamento com baixa taxa de insucesso

O percentual de insucesso para implantes dentários é de apenas 2%, onde os pacientes possuem algum tipo de limitação, dificultando o processo de osseointegração do implante. Também há casos onde o paciente não segue o pós-cirúrgico corretamente, acarretando alguma infecção.

Claro que não há procedimento cirúrgico que não ofereça riscos ao paciente, por isso, é muito importante buscar um dentista de sua confiança.

5 – Tem uma durabilidade muito alta

Os implantes dentários são feitos com materiais que duram muito tempo. Se a higiene bucal é feita corretamente e as visitas ao dentista permanecem regulares, o seu implante pode durar a vida inteira.

As peças não sofrem com cáries, mas o mau cuidado pode desencadear infecções na gengiva, causando uma perda óssea e comprometendo seus dentes.

Se identificou com os motivos acima? Os implantes dentários são seguros e trarão de volta toda a sua estética bucal! O que acha de marcar uma avaliação sem compromisso para analisar seus dentes e ver se o implante é a melhor solução para você?

Preencha nosso formulário online ou envie uma mensagem para nossa equipe!

 

Quando devo realizar implante dentário?

Quando devo realizar implante dentário?

Você sabia que quem sorri é considerado mais bonito e mais feliz? Isso é estatística e foi estudado por um instituto australiano, de acordo com matéria publicada no Portal R7. A ausência de dentes traz uma série de desconfortos, mas esse problema pode ser eliminado com o implante dentário.

Neste post queremos explicar rapidamente o que são os implantes dentários, quais os benefícios desse tratamento e, principalmente, contar para você quando optar por ele.

O que são implantes dentários?

O implante dentário, explicando de uma maneira bem simples, são peças que substituem a raiz de um dente perdido, visando fixar as próteses dentárias. Essas peças geralmente são feitas de titânio e podem ser colocadas logo quando o dente é extraído ou posteriormente.

Um paciente pode optar por fazer o implante de um único dente ou de vários ao mesmo tempo, dependendo de sua necessidade. É totalmente seguro e não há condição de rejeição, por ser feito de um material completamente reabsorvível.

Benefícios do implante dentário

É praticamente impossível falar de um procedimento e não citar os seus benefícios. No caso do implante dentário a diversidade do tratamento já é uma grande vantagem.

Ele pode ser feito por pacientes de qualquer faixa etária, desde que esteja com a saúde bucal em perfeito estado.

Podemos ainda citar outros pontos:

– Por ter conseguir de volta todos os dentes, o paciente tem mais qualidade em sua mastigação;
– Conservação de toda a estrutura dos dentes vizinhos, evitando que eles sofram uma deformação natural;
– O implante dentário representa um dos tratamentos odontológicos mais seguros atualmente. As suas taxas de – insucesso não chegam a 2%;
– Estrutura óssea sem risco de perdas. O implante do dente bloqueia a reabsorção do osso alveolar, que fica exposto com a retirada do dente natural.

Quando realizar o tratamento

O ideal é que você comece o seu tratamento para o implante dentário logo quando o dente natural é extraído. Contudo, sabemos que nem todos os pacientes possuem essa urgência, sendo comum ver casos onde a pessoa passa anos sem o dente substituto.

Quando o último exemplo acima acontece, o osso é reabsorvido pelo organismo. Com isso, além do implante, você ainda precisará fazer um enxerto ósseo. Será necessário muito mais tempo para ter de volta aquele sorriso bonito.
O mais indicado é procurar um dentista implantodontista de sua confiança o quanto antes.

Será feita uma avaliação para saber como está a estrutura dos dentes vizinhos, da sua gengiva e do osso. O dentista pode ainda optar por um implante de carga imediata, restabelecendo o seu sorriso logo nas primeiras consultas.

A saúde da sua boca é muito importante sempre!

Você acha que precisa de um implante dentário? O que acha de entrar em contato com nossa equipe e marcar uma avaliação? Nossos profissionais podem ainda tirar outras dúvidas sobre o assunto!

Preencha o formulário orçamento online, ou ligue e marque uma avaliação com um de nossos especialistas, sem compromisso, e tire todas as suas dúvidas.

Em quais ocasiões são usados implantes dentários?

Em quais ocasiões são usados implantes dentários?

Os implantes dentários são utilizados para substituir dentes que caíram, desde a década de 60. No entanto, somente nos últimos anos o seu uso se tornou mais difundido.

Os implantes dentários são uma solução duradoura, que requer uma cirurgia, para fixá-los à mandíbula. Após o procedimento, os implantes funcionam e se parecem como todos os outros dentes da boca, restaurando assim a aparência e a função normal da sua dentição.

Os implantes dentários são usados como suporte para coroas, que substituem dentes faltantes, como pontes que reparam uma quantidade maior de dentes, ou mesmo na forma de dentaduras.

Eles podem ser feitos de diversos materiais, incluindo titânio, um metal seguro para o nosso corpo e que ajuda as estruturas ao seu redor a se repararem e cicatrizarem.

Os implantes dentários são seguros e uma forma fácil e conveniente de restaurar o sorriso das pessoas. Com o avanço das pesquisas e da tecnologia, os implantes dentários se tornaram cada vez mais naturais, com resultados mais próximos da dentição original do indivíduo.

Por que fazer um implante dentário?

Os implantes dentários possuem diversas indicações e funções, e sua colocação deve ser indicada por um dentista especialista no tema. Por que escolher um implante dentário ao invés de outro tipo de tratamento? Algumas das razões incluem:

  • Os implantes são idênticos aos seus dentes naturais;
  • Os implantes funcionam da mesma forma que todos os outros dentes, permitindo uma escovação e uma mastigação normais;
  • Os dentes saudáveis ao redor do implante dentário não precisam ser mexidos;
  • Não exista e necessidade de remoção do implante para higienização, ou do uso de colas especiais;
  • A estrutura óssea da face é mantida.

Quem pode fazer um implante dentário?

O implante dentário pode ser indicado para praticamente todo mundo que perdeu um ou mais dentes e gostaria de restaurar a aparência da boca e a capacidade de mastigar alimentos. No entanto, é necessário que os dentes tenham se desenvolvido em sua totalidade, ou seja, pessoas com menos de 18 anos não possuem indicação de implantes.

Para considerar o implante dentário como uma opção de tratamento, o paciente deve ter uma saúde bucal preservada, sem doenças na gengiva ou cáries não tratadas.

Além disso, o dentista fará questão de saber se a higiene oral do paciente é adequada antes de colocar o implante, pois a duração do implante depende de uma boa higiene e de cuidados adequados com os dentes.

Outro requisito é estar disposto a ir em consultas periódicas ao dentista para a manutenção do implante, pois assim o dentista pode identificar rapidamente qualquer alteração, garantindo que os resultados desejados sejam alcançados e se mantenham por mais tempo.

A indicação dos tratamentos disponíveis será feita pelo seu dentista, e se baseará em fatores como o estado geral de saúde do paciente, o número e a posição dos dentes faltantes, a quantidade e a qualidade do tecido ósseo, a saúde da sua gengiva, a presença de outras doenças não tratadas na boca, dentre outros fatores individuais.

Cabe ao paciente escolher se essa é a melhor opção naquele momento.

Quem não pode fazer um implante dentário?

O tratamento através da colocação de um implante dentário pode não ser possível se a mandíbula não é forte ou grossa o suficiente para receber o implante, em pacientes com infecções na boca ou em pacientes com diabetes descompensado. Neste último caso há o risco de falha do procedimento por infecções ou dificuldade de cicatrização.

Outras condições que podem contraindicar a colocação de implantes dentários são: problemas de coagulação, algumas doenças ósseas, deficiências no sistema imunológico, doenças sistêmicas graves e abuso de drogas. O fumo também é um fator importante a ser considerado, pois quem é fumante está sob um risco de perder o implante num futuro próximo.

Como é feito o implante dentário?

Primeiramente o paciente passa por um exame feito pelo dentista, que irá pedir todos os exames complementares necessários, com radiografias e exames de sangue, para certificar-se de que as condições são satisfatórias para a realização do implante.

Essa fase também permite que o dentista planeje exatamente como será o implante, onde ele será fixado, e permite ainda o planejamento do procedimento e dos cuidados pós operatórios.

A inserção do implante propriamente dita é feita através de uma cirurgia, na qual uma pequena incisão é feita na gengiva, expondo o osso da mandíbula e um furo é feito para que o implante possa ser encaixado. Nesse local, o implante é fixado através de ferramentas próprias.

Com os cuidados adequados, os implantes duram muitos anos, geralmente por pelo menos 5 anos. Algumas medidas para aumentar a durabilidade do implante podem ser tomadas, como parar de fumar e manter uma higiene bucal sempre adequada. Além disso, consultas periódicas com o seu dentista são fundamentais para a identificação precoce de qualquer problema e tratamento adequado.

Se você ainda possui alguma dúvida sobre implantes dentários, entre em contato conosco e agende uma consulta!

Saiba mais sobre a implantodontia

Saiba mais sobre a implantodontia

A implantodontia é a especialidade odontológica responsável por recuperar os espaços de dentes perdidos, por meio da implantação cirúrgica de um parafuso de titânio no interior do tecido ósseo, onde houve a perda do elemento dental. O processo cirúrgico é simples, rápido e praticamente indolor.

Posteriormente, em uma segunda fase do processo, é fixada uma prótese de um dente ou de vários deles, buscando recuperar as funções físicas e obtenção de uma aparência natural.

Implantes Dentários com cirurgia 3D

O seu implante dentário já pode ser realizado com pouco sangramento, sem corte e, consequentemente, sem a necessidade de pontos. O método utiliza o que há de mais moderno em tecnologia de imagens tomográficas associada a softwares avançados em 3D, que permitem a reprodução exata e fiel do osso.

Esse recurso permite visualizar a exata posição e profundidade do implante dentário antes da cirurgia, assim como as distâncias do nervo. A partir disso pode-se produzir um guia cirúrgico em resina acrílica de alta precisão, que orienta o eixo de introdução do implante sem necessidade de abertura da mucosa da boca, diminuindo o tempo da cirurgia, o custo operacional e aumentando principalmente o conforto pós-operatório. A cirurgia é mais rápida, bem menos traumática e a recuperação do paciente se dá com mínimo de desconforto, podendo o mesmo retomar suas funções normais imediatamente.

Implantes dentários com carga imediata

Já é possível realizar o seu implante dentário com a colocação da coroa imediatamente. No método tradicional, deve-se aguardar de 3 a 6 meses para que o implante sofra um processo de integração ao osso, e só depois é que se pode colocar a coroa (parte visível do dente) presa a ele.  Já na técnica de carga imediata a coroa é colocada praticamente logo após o ato cirúrgico, o que garante agilidade para o processo e um maior conforto estético para o paciente. Entretanto deve-se ter cuidado com indicação correta para esta técnica, pois ela possui restrições, principalmente relacionadas à condição sistêmica do paciente, à localização do implante e à qualidade do osso envolvido.

Protocolos com implantes dentários

Todos os transtornos causados pela utilização de dentaduras já podem ser considerados como coisa do passado na odontologia moderna. Já se pode substituí-las tanto na maxila (osso superior da boca) como na mandíbula (osso inferior).

O método consiste primeiramente na introdução cirúrgica de 4 a 6 implantes dentários que servem como pilares. Posteriormente sobre estes implantes é colocado uma prótese total fixa, composta de uma estrutura metálica que suporta 10 a 12 dentes de resina ou porcelana.

Devido à complexidade do procedimento, é muito importante que o paciente seja atendido por especialistas experientes que irão determinar a melhor conduta para cada caso, levando em consideração todos os cuidados e detalhes que permitirão a realização de um ato cirúrgico correto e seguro, um pós-operatório mais confortável e uma prótese realmente estável, estética e imperceptível aos olhos alheios.

Preencha o formulário agende sua consulta, ou ligue e marque uma avaliação com um de nossos especialistas, sem compromisso, e tire todas as suas dúvidas.

Saiba tudo sobre os implantes dentários!

Saiba tudo sobre os implantes dentários!

O que são os implantes dentários?

Implantes dentários são pinos de titânio semelhantes a um “parafuso”, posicionados cirurgicamente no osso maxilar (arcada superior) ou no mandibular (arcada inferior), substituindo as raízes dos dentes. Em cima dos implantes, são instaladas as próteses,  que representam e mantém a função do próprio dente.

Após cerca de 3 a 6 meses após a instalação do implante de titânio (tempo total de osseointegração), pode-se iniciar o processo de colocação da prótese. Um processo mais recente propõe a instalação rápida de dentes, chamada carga imediata.

Indicações e Contraindicações dos implantes

Os implantes dentários são indicados para quase todos os casos de ausência de dentes. As contraindicações mais comuns são situações nas quais os pacientes não possuem estrutura óssea em quantidade e qualidade suficientes para a instalação dos implantes.

Nestes casos há a necessidade de procedimentos de regeneração óssea, para que seja indicado o tratamento com implantes. A perda óssea dificulta a colocação dos implantes, o que leva, na maioria dos casos, à necessidade de procedimentos de ENXERTOS ÓSSEOS no local, visando a futura instalação dos implantes.

O paciente que será submetido ao tratamento com implantes osseointegráveis, passa por uma série de exames, visando reduzir as chances de insucesso (implante não se prenda ao osso).

O implante pode ser rejeitado pelo meu corpo?

O implante dentário é de titânio, um material puro, grau IV, que não sofre corrosão, não produz nenhum tipo de reação antigênica no organismo, sendo imunologicamente inerte. Portanto, não há perigo de rejeição.

No entanto, como a boca é um local contaminado, mesmo com todos os cuidados de assepsia, há risco de infecções no local, o que pode levar à perda do implante. Felizmente, isto acontece raramente.

Quais são os riscos da cirurgia para a colocação dos implantes?

Na avaliação pré-cirúrgica é feita a medicação pré-operatória com analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos.

A cirurgia é realizada com anestesia local e após sua realização o paciente recebe uma bolsa de gelo para aplicar no local, com a finalidade de evitar o edema (inchaço).

Os exames pré-operatórios liberam o paciente para a cirurgia, diminuindo os riscos de complicações. É considerada uma cirurgia oral menor e tem duração média de uma hora a uma hora e meia. Após a cirurgia, o paciente deve repousar conforme as recomendações pós-operatórias que lhe são passadas.

Recomendamos que o paciente faça repouso nas primeiras 24/48 horas, utilizando nas refeições alimentos líquidos e/ou pastosos, de preferência frios ou gelados. É fundamental que o paciente siga as recomendações.

Quais os cuidados que devemos ter após a colocação do implante e da prótese?

Toda prótese está sujeita a acidentes durante o ato mastigatório. O paciente deve evitar alimentos excessivamente duros e de pigmentação forte. O controle da placa bacteriana deve ser o mesmo para implantes e para os dentes naturais. O controle periódico deve ser feito pelo dentista, pelo menos uma vez de cada 6 meses.

Quanto tempo dura um implante dentário?

Um implante pode durar de 30 a 40 anos, conforme o cuidado do paciente com a higienização e alimentação. Ou seja, dependendo da idade de sua colocação, o mesmo pode durar a vida inteira.

Preencha o formulário agende sua consulta, ou ligue e marque uma avaliação com um de nossos especialistas, sem compromisso, e tire todas as suas dúvidas.